Desafio


Em 2015, o Avaí Futebol Clube atravessava uma má fase no campeonato catarinense, correndo o sério risco de ser rebaixado para a Série B. Os jogadores estavam desmotivados, mostrando péssimo desempenho em campo. Alguns chegaram a ser agredidos no gramado por torcedores mais ressentidos. No clube, sócios pediam a saída da diretoria. A torcida estava desanimada, as redes sociais eram inundadas de críticas, e a imagem do time estava em baixa. Para virar esse jogo, a D/Araújo foi convocada a entrar no jogo.

Estratégia


O primeiro passo para o Avaí alcançar seus objetivos foi a realização de um estudo minucioso sobre a situação do clube e dos seus torcedores, que gerou informações importantes para o planejamento de marketing. Esse estudo apontou como prioridade motivar o torcedor a retornar ao estádio. Para alcançar esse objetivo, foi criada uma campanha comemorando o acesso do clube à Série A do futebol brasileiro. Mostrar o Leão entre os times de elite já começou a mudar a percepção sobre o clube. A presença do Avaí na capital foi massiva, com inúmeros outdoors e frontlights trazendo a imagem do maior craque do time, o jogador Marquinhos. Duas peças ganharam destaque nesta campanha: os frontlights, com bandeiras do Avaí tremulando de verdade, e o painel no setor de desembarque do Aeroporto Internacional Hercílio Luz, que recebe mais de 4 milhões de passageiros anualmente. A retomada da imagem positiva do time ainda contou com o reforço de campanhas que interagiram com os torcedores, exaltaram a paz nos campos, celebraram a história de Marquinhos no Leão e tantas outras que tornaram a dupla com o Avaí um clássico catarinense de marketing.

Resultados


O conjunto de ações resultou em sucessivos gols ao longo da temporada de 2015. Com a campanha de novos sócios, a D/Araújo gerou 9 milhões de impactos e, em apenas dois meses, trouxe mais de 3 mil novos sócios para o clube, o que representou um incremento de 32,5% na receita proveniente do Programa Sócio Torcedor. Ao longo do ano, em consequência da melhoria no desempenho do time e das diversas ações de marketing, o número de associados cresceu constantemente, sendo que hoje o clube conta com mais de 10 mil sócios torcedores efetivos. Além disso, a venda de ingressos aumentou em 21%, resultando em maior lucratividade e, principalmente, em arquibancadas mais cheias e torcidas mais motivadas. Também na loja de produtos oficiais, as vendas cresceram 25%, contribuindo para a rentabilidade do clube. Cresceu ainda a venda de camisas oficiais, termômetro do nível de paixão da torcida, com aumento de 32% em relação ao ano anterior. Outro resultado importante foi a valorização da marca do Avaí por meio das constantes campanhas e ações esportivas e sociais, que mantiveram o Avaí sob os holofotes através de inúmeras matérias de TV, rádio, jornal e sites esportivos. Somadas, essas exposições resultaram em mais de R$ 25 milhões em mídia espontânea. Mas, os principais resultados que não podem ser quantificados são a paixão da torcida, o orgulho dos jogadores e a satisfação da diretoria do Avaí.